Confeitaria — Como Essa Profissão Pode Te Proporcionar Uma Renda Extra?

confeitaria

Já pensou na confeitaria como opção de renda extra para você? Se você gosta de preparar sobremesas em casa ou para ocasiões especiais de família, talvez seja o momento de considerar abrir o próprio negócio. Ainda mais no cenário atual com as consequências do impacto da pandemia de covid-19.

Além da orientação ser de ficar em casa o máximo possível, muitas pessoas foram demitidas de seus empregos, o que amplificou a necessidade de encontrarem uma nova fonte de sustento para si e suas famílias.

Dessa forma, muitos aproveitaram seus hobbies e habilidades, transformando-as em uma possível profissão, como é o caso da confeitaria. Quem sabia fazer bolos, doces, tortas, etc, enxergou uma chance de usar o talento para cozinhar em um trabalho lucrativo.

Continue lendo para saber mais sobre a profissão, como se desenvolver na área e ganhar uma renda extra!

Como começar na confeitaria?

A confeitaria é uma vertente da gastronomia destinada ao preparo, decoração e apresentação de pratos doces, como bolos, tortas, pudins, biscoitos e sobremesas variadas.

Geralmente, quem já está familiarizado com a cozinha e gosta de produzir esses alimentos já tem mais facilidade para entrar na profissão, porém não se engane: você não precisa ser expert para começar, pode aprender com o tempo e ir se especializando!

Para trabalhar com confeitaria é preciso saber se adaptar, ou seja, aprender as receitas clássicas, mas também se reinventar para se destacar da concorrência, bem como para ganhar atenção dos clientes e vender mais. Quer conhecer alguns passos importantes para ganhar dinheiro extra vendendo doces? Veja as dicas a seguir!

Faça o planejamento inicial da sua confetaria

Abrir qualquer tipo de negócio próprio requerum planejamento, independente de qual é o segmento, se é algo mais caseiro (que você fará sozinho) ou se pretende montar uma pequena loja para vender seus produtos. A falta de planejamento é um dos principais motivos de falência de empreendimentos. Por isso, para não ter prejuízos depois, não pule essa parte.

Então, coloque tudo no papel! Anote por exemplo:

  • o tempo que você vai dedicar para a produção;
  • os materiais que vai precisar comprar;
  • quais são as estratégias de divulgação e vendas;
  • quanto poderá investir;
  • por quanto irá vender os produtos;
  • entre outros fatores.

materiais para confetaria

Decida qual doce irá vender

Defina quais doces irá trabalhar, se vai focar em apenas um tipo de sobremesa ou em vários. Monte um cardápio que você consiga fazer, que não tenha um custo muito alto e que tenha uma alta demanda. Mas como saber o que vende bem, né?

Uma dica é começar com poucos itens e ir aumentando gradualmente (se assim desejar). Escolha um doce principal, por exemplo, bolos. Se você tentar diversas coisas ao mesmo tempo, pode aumentar muito o valor do seu investimento inicial (com matérias-primas e insumos), além de possíveis desperdícios.

No entanto, com um cardápio mais enxuto acaba sendo até mais fácil para o seu cliente decidir o que pedir e também de ele reconhecer a sua confeitaria por ser a melhor em tal produto.

Escolha também os doces de fácil preparo e um maior volume de vendas, como o brigadeiro. Esse docinho amado pelos brasileiros é um sucesso nas festas de aniversários, nada complicado de fazer e você pode vender tanto a versão tradicional quanto outras receitas inovadoras.

confeitaria

Controle o orçamento da confeitaria

É essencial ter muito cuidado com a parte financeira e controlar todas as despesas. Evite compras desnecessárias, pesquise muito os valores de insumos (tanto os ingredientes quanto embalagens) e no começo, priorize fazer os doces que tem maior saída e te garantem maior lucro.

Tenha todas essas informações registradas em planilhas para saber exatamente o quanto gastou e o quanto está recebendo. Isso facilitará bastante o acompanhamento das suas metas e vai evitar preocupação e dor de cabeça.

Escolha e embalagem correta

Além de caprichar no sabor do alimento, outro fator que vai trazer destaque para a sua confeitaria é a apresentação do doce. Quando você se preocupa em oferecer também a melhor embalagem, o cliente valoriza muito mais o produto. Isso porque demonstra cuidado com o que você está entregando, além de preservar a qualidade das sobremesas.

Existem diversos tipos de embalagem que você pode usar no seu estabelecimento e para os deliverys. Uma dica é personalizar as embalagens com o nome e logo da sua marca e enviar mensagens/recadinhos para os clientes junto com a entrega. Isso aproxima você dos clientes. Um simples “obrigada, bom apetite!” já faz toda a diferença nesse quesito.

Na Plasul, você tem uma variedade de embalagens para escolher para os seus doces, como:

Acesso o site da Plasul e confira a variedade de materiais em nosso catálogo para você produzir e embalar os produtos da sua confeitaria da melhor maneira! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine nossa newsletter para receber novidades